Como seu filho reage na escola?

Postado em 22/09/2017

Como seu filho reage na escola?

As atitudes dele entre os colegas e os professores revelam alguns traços de sua personalidade

Seguro:

É aquele que faz pouca ou nenhuma manha ao ser deixado no colégio. Depois da aula recebe os pais com entusiasmo. Representa cerca de 60% da molecada.

 Ansioso :

Sabe aquela criança que chora muito e protesta só de avistar o portão da escola? É esse o tipo. Passa boa parte da aula vigilante para ver se os pais já vieram buscá-la. Entre os pequenos, 19% se enquadram nessa categoria.

 Apático:

Ele se mostra desinteressado. Depois das aulas evita os pais no reencontro, como se estivesse se vingando por ter sido deixado na escola. São assim cerca de 21% dos meninos e das meninas.

 Dicas para um início de vida escolar tranquilo

 • Visite a escola antes do começo das aula: assim você se sente seguro quanto às instalações e seu filho logo se ambienta

. • Nada de chororô: em vez disso, diga frases como: “Agora você vai fazer um monte de coisas legais, depois a gente vem buscá-lo”.

• Fique atento nos sinais: se a criança sempre alega dores bem na hora de ir à escola, se chora ou demonstra ansiedade antes de toda aula, investigue os motivos em parceria com o colégio.

Outras Notícias

 

A criança e a sua vida rica em ensinamentos
Postado em 04/11/2017

Observar uma criança pode ser mais rico e compensador para sua vida do que qualquer experiência ou programa de Autoconhecimento

Existem professores treinados em psicologia, que dizem saber tudo da natureza humana, e mesmo assim pouco tem a nos dizer. Uma criança, n&a...
leia mais »

Criança que chora demais
Postado em 27/10/2017

Por volta de um ano de idade, algumas crianças descobrem que o choro pode ser a melhor forma de conseguir o que quer. Isso é normal, pois antes de aprender as primeiras palavras, esta era a forma pelo qual se comunicava, seja quando estava com frio, com fome, com as fraldas sujas, c...
leia mais »

Travessuras de criança
Postado em 17/10/2017

É perfeitamente normal que por volta dos oito ou nove anos de idade, quando a criança já está mais amadurecida, que ela queira fazer brincadeiras com outras pessoas, a fim de curtir com as mesmas ou para fazer gracinhas.

Isso não é nenhum bicho ...
leia mais »